Blog

Visão Geral do Modelo Toyota (10) - Pessoas e Parceiros (“People & Partners”)

Visão Geral do Modelo Toyota (10)

Pessoas e Parceiros (“People & Partners”)

O ego dos gestores seniores tem sido a causa raiz do desperdício da inteligência e da capacidade dos seus colaboradores e parceiros. Na Toyota a inteligência e a capacidade das pessoas são valorizadas e incorporadas ao sistema de gestão.

Iniciamos agora a explanação das PESSOAS E PARCEIROS, o terceiro dos 4 P’s do Modelo Toyota (“Philosophy, Process, People & Partners and Problem Solving”), que tem como pressuposto:

“A Valorização da Organização através do Desenvolvimento de seus Colaboradores e Parceiros”

São três os princípios que derivam das PESSOAS E PARCEIROS, e o primeiro deles, foco deste artigo tem como objetivo:

“Desenvolver Líderes que Compreendam Completamente o Trabalho, que Vivam a Filosofia e a Ensinem aos Outros.”

A diferença fundamental é que a Toyota não “compra” líderes, ela os “desenvolve”. Significa basicamente investir pesado nos recursos disponíveis internamente e não simplesmente trazê-los de fora.

Claro que com as operações hoje globalizadas da Toyota, fez-se necessário “abrir as portas” para os “estrangeiros”, o que não fere o objetivo do princípio Pessoas e Parceiros. Mas o tempo médio de treinamento de um “gestor vindo de fora” pode tomar mais de 10 anos até torna-lo confiável e autônomo.

Exagero? Absolutamente! Mais do que um realizador hábil de tarefas, os gestores são representantes do MODELO TOYOTA. O que significa, mais do simplesmente agir dentro das normas e procedimentos estabelecidos, há que liderar pelo exemplo baseado nas filosofias do Modelo Toyota, e para isso, o conhecimento detalhado do trabalho é fundamental, afinal, liderar na Toyota também é sinônimo de ensinar, treinar, aconselhar, fazer as pessoas raciocinarem antes de agir.

Convidamos você a seguir esta matéria (“O Modelo Toyota”) através dos próximos “blogs”.

Forte abraço e até breve!

 

Washington Kusabara – Sócio Diretor